Domingo
07 de Março de 2021 - 

Notícias

Newsletter

Cadastre seu email, para receber informativos períodicos.

Previsão do tempo

Hoje - Campinas, SP

Máx
25ºC
Min
19ºC
Nublado e Pancadas d

Segunda-feira - Campinas...

Máx
23ºC
Min
17ºC
Pancadas de Chuva a

Terça-feira - Campinas,...

Máx
27ºC
Min
16ºC
Chuvas Isoladas

Hoje - São Paulo, SP

Máx
25ºC
Min
18ºC
Nublado e Pancadas d

Segunda-feira - São Pau...

Máx
26ºC
Min
18ºC
Pancadas de Chuva

Terça-feira - São Paul...

Máx
27ºC
Min
18ºC
Chuvas Isoladas

Hoje - Rio Claro, SP

Máx
28ºC
Min
18ºC
Nublado e Pancadas d

Segunda-feira - Rio Clar...

Máx
26ºC
Min
17ºC
Pancadas de Chuva a

Terça-feira - Rio Claro...

Máx
29ºC
Min
17ºC
Chuvas Isoladas

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,69 5,69
EURO 6,77 6,77

Mantida condenação por injúria racial contra professora de Educação Física

Xingamentos ocorreram durante partida de vôlei. A 9ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve condenação, na última terça-feira (12), de réu acusado de injúria racial contra funcionária pública, professora de Educação Física, em razão da cor da pele. Ele foi condenado a um ano e quatro meses de serviços à comunidade e prestação de pena pecuniária em favor da vítima. Consta nos autos que, durante partida de vôlei, o acusado estava na arquibancada do Ginásio de Esportes Municipal de Nova Granada torcendo para o time adversário do filho da vítima, enquanto ela atuava como apontadora do placar. Em determinado momento, o réu, na presença de persas pessoas, passou a ofender a dignidade e o decoro da mulher, chamando-a de “macaca” e dizendo “que era para ficar tranquila que logo a Prefeitura a dispensaria”. De acordo com o desembargador Grassi Neto, relator da apelação, a partir do depoimento da vítima e de testemunhas, “as provas apresentadas são, com efeito, suficientes para a condenação do ora recorrente por injuria racial, eis que este proferiu ofensas à vítima relacionada à pigmentação de sua tez”. “O decreto condenatório é, pois, de rigor, tal como foi lançado”, afirmou. O julgamento teve a participação dos desembargadores Alcides Malossi Junior e Silmar Fernandes. A decisão foi unânime. Apelação nº 1500510.69.2019.8.26.0390 imprensatj@tjsp.jus.br   Siga o TJSP nas redes sociais:  www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial
18/01/2021 (00:00)

Contate-nos

Sede

Rua Cinco nº  3190
-  Jardim Portugal
 -  Rio Claro / SP
-  CEP: 13504-114
+55 (19) 3023-4161+55 (19) 982827143+55 (11) 959688234
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  927708