Quinta-feira
16 de Setembro de 2021 - 

Notícias

Newsletter

Cadastre seu email, para receber informativos períodicos.

Previsão do tempo

Hoje - Campinas, SP

Máx
30ºC
Min
18ºC
Parcialmente Nublado

Sexta-feira - Campinas, ...

Máx
32ºC
Min
17ºC
Parcialmente Nublado

Sábado - Campinas, SP

Máx
29ºC
Min
17ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - São Paulo, SP

Máx
18ºC
Min
16ºC
Nublado

Sexta-feira - São Paulo...

Máx
26ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Sábado - São Paulo, SP

Máx
27ºC
Min
17ºC
Chuva

Hoje - Rio Claro, SP

Máx
32ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Sexta-feira - Rio Claro,...

Máx
32ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Sábado - Rio Claro, SP

Máx
31ºC
Min
17ºC
Parcialmente Nublado

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,26 5,26
EURO 6,21 6,21

Doação de Órgãos: o TJSP apoia essa causa

“Setembro Verde” estimula o público a salvar vidas. Ao longo dos anos, o Tribunal de Justiça de São Paulo apoiou persas causas. Uma de especial importância é a de doação de órgãos. O “Setembro Verde”, instituído pela Lei Estadual nº 15.463/14, impulsiona anualmente uma série de campanhas sobre o tema, que passou a ser ainda mais necessário em meio à pandemia, quando a diminuição do número de doadores resultou no aumento da fila de transplantes, que hoje ultrapassa 40 mil pacientes em todo o país, de acordo com a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO). No entanto, não é de hoje que longas filas de espera existem e o Judiciário paulista sabe disso. Inspirado nos princípios que norteiam a responsabilidade social, a cidadania e a valorização da vida, desde 2012 o TJSP promove palestras e campanhas voltadas a magistrados, servidores e público em geral para a conscientização sobre o assunto. Há nove anos, a Corte paulista criava o “Doar é Legal – A Vida é Recarregável”, que recebeu massiva adesão dos integrantes do Tribunal, mas também se estendia para além dos fóruns, contando com faculdades parceiras para a realização de feiras educativas, bem como com a OAB, que auxiliava na pulgação da campanha. Nos últimos anos não foi diferente: a Corte seguiu levando informações sobre a causa por meio dos canais virtuais de comunicação. Especialmente nos meses de setembro, quando o assunto ganha mais visibilidade, várias instituições se unem em prol da doação de órgãos. Em São Paulo, monumentos ganham iluminação na cor verde; há mensagens sobre o tema nos relógios da cidade e nos letreiros das rodovias; intervenções educativas são realizadas em empresas, escolas e hospitais. “Continuamos trabalhando arduamente para manter a alma do programa de doação e transplante viva, buscando parcerias para conscientizar a população e aumentar o número de doadores de órgãos”, afirma a coordenadora da Campanha de Doação de Órgãos da ABTO, Vanessa Ayres Carneiro Gonçalves. No Brasil, segundo a ABTO, 80% dos transplantes são realizados com órgãos de doadores falecidos. A doação ocorre somente mediante autorização do cônjuge, companheiro ou parente consanguíneo maior de idade, até o segundo grau. De acordo com o site da Associação, nenhuma declaração em vida é válida ou necessária, não há possibilidade de deixar em testamento, não existe um cadastro de doadores de órgãos e nem são mais válidas as declarações nos documentos de identidade e carteiras de habilitação ou carteirinhas de doador, mas a carteirinha pode influenciar na decisão dos familiares no momento da doação. Uma única pessoa pode salvar várias vidas ao doar, entre outros órgãos, coração, fígado, rins, pulmão, córnea e ossos. O procedimento, absolutamente seguro, só é realizado depois de constatada a morte encefálica do doador, uma situação irreversível, por meio da análise de médicos e de exames clínicos. Em vida, é permitida à pessoa juridicamente capaz de dispor gratuitamente de tecidos, órgãos e partes do próprio corpo vivo para fins terapêuticos ou para transplantes em cônjuge ou parentes consanguíneos até o quarto grau. Para qualquer outra pessoa, somente mediante avaliação em Comissão de Ética do hospital e autorização judicial, em que seja comprovada estreita relação, exceto quando se trata de doação de medula óssea. A doação de órgãos é um ato de amor e solidariedade. Pense nisso! N.R.: texto originalmente publicado no DJE de 8/9/21.   imprensatj@tjsp.jus.br   Siga o TJSP nas redes sociais: www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial  www.flickr.com/tjsp_oficial  www.instagram.com/tjspoficial 
09/09/2021 (00:00)

Contate-nos

Sede

Rua Cinco nº  3190
-  Jardim Portugal
 -  Rio Claro / SP
-  CEP: 13504-114
+55 (19) 3023-4161+55 (19) 982827143+55 (11) 959688234
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  1099164