Segunda-feira
06 de Julho de 2020 - 

Notícias

Newsletter

Cadastre seu email, para receber informativos períodicos.

Previsão do tempo

Hoje - Campinas, SP

Máx
28ºC
Min
16ºC
Predomínio de

Terça-feira - Campinas,...

Máx
28ºC
Min
16ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Campinas,...

Máx
27ºC
Min
16ºC
Predomínio de

Hoje - São Paulo, SP

Máx
25ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - São Paul...

Máx
26ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - São Paul...

Máx
26ºC
Min
16ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Rio Claro, SP

Máx
28ºC
Min
13ºC
Predomínio de

Terça-feira - Rio Claro...

Máx
27ºC
Min
12ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Rio Claro...

Máx
27ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,34 5,34
EURO 6,00 6,00

TJSP na Mídia: Rede Vanguarda veicula matérias sobre audiências virtuais e alerta de golpe

Magistrados concederam entrevistas.   Telejornais da Rede Vanguarda, afiliada da Rede Globo na região de São Jose dos Campos, exibiram reportagens sobre o trabalho remoto no Tribunal de Justiça de São Paulo e sobre alerta para golpes de estelionatários. O Jornal Vanguarda veiculou, ontem (28), matéria sobre o trabalho sendo desenvolvido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo durante a pandemia da Covid-19, com destaque para as teleaudiências. “Desde que todas as regras legais sejam devidamente observadas e todos os direitos resguardados, as audiências virtuais têm se revelado um excelente instrumento de agilidade para o Poder Judiciário”, ressaltou o juiz assessor da Presidência Iberê de Castro Dias. Segundo o juiz Carlos Gutemberg de Santis Cunha, da 4ª Vara Criminal de São José dos Campos, “o foco é evitar a propagação do vírus, o contato entre pessoas, fazendo audiências com cada um dentro de sua própria residência”. Já na manhã de hoje (29), o Bom Dia Vanguarda exibiu reportagem sobre o alerta pulgado pelo Tribunal de Justiça acerca de golpes realizados por estelionatários que enviam e-mails com o brasão e outros recursos gráficos dos Tribunais Estaduais, na tentativa de induzir o destinatário a acessar uma página falsa de internet. O juiz Carlos Gutemberg de Santis Cunha, reforçou o alerta da Corte para que o destinatário sempre confira quem é o remetente que, no caso de e-mails enviados pelos tribunais, sempre terminará com .jus.br. “Mas existem também outros pontos que podem ser checados antes da pessoa clicar no link, por exemplo, quando se trata de uma ação criminal sempre haverá uma intimação prévia por oficial de justiça (...) Se a matéria for de família ou cível, às vezes não há citação por oficial de justiça pois o próprio advogado faz esse papel e avisar a pessoa que ela foi arrolada como testemunha”, complementou o magistrado.    imprensatj@tjsp.jus.br   Siga o TJSP nas redes sociais:  www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial
29/05/2020 (00:00)

Contate-nos

Sede

Rua Cinco nº  3190
-  Jardim Portugal
 -  Rio Claro / SP
-  CEP: 13504-114
+55 (19) 3023-4161+55 (19) 982827143+55 (11) 959688234
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  731394