Terça-feira
24 de Novembro de 2020 - 

Notícias

Newsletter

Cadastre seu email, para receber informativos períodicos.

Previsão do tempo

Hoje - Campinas, SP

Máx
30ºC
Min
17ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Campinas,...

Máx
30ºC
Min
17ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Campinas,...

Máx
31ºC
Min
19ºC
Predomínio de

Hoje - São Paulo, SP

Máx
26ºC
Min
17ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - São Paul...

Máx
27ºC
Min
17ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - São Paul...

Máx
29ºC
Min
19ºC
Predomínio de

Hoje - Rio Claro, SP

Máx
30ºC
Min
15ºC
Poss. de Panc. de Ch

Quarta-feira - Rio Claro...

Máx
29ºC
Min
16ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Rio Claro...

Máx
30ºC
Min
16ºC
Predomínio de

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,38 5,38
EURO 6,36 6,36

Comarca de Peruíbe inaugura grupo reflexivo para agressores em casos de violência doméstica

Objetivo é promover reeducação e reduzir reincidência.   A Comarca de Peruíbe inaugurou ontem (16) o primeiro grupo reflexivo para homens autores de violência doméstica e familiar, denominado “João de Barro”. O grupo integra o projeto “Somos Marias”, de combate à violência de gênero na região. O evento foi realizado no Salão do Júri, com a presença das autoridades e advogados, observando-se as regras de segurança e distanciamento social.  A Lei Maria da Penha, de combate e prevenção à violência doméstica e familiar, prevê o encaminhamento de agressores a serviços de reeducação, responsabilização e acompanhamento psicossocial. Porém, a participação acontecia de forma voluntária e a adesão era baixa. Com a edição da lei nº 13.984/2020, a medida passa a ter caráter obrigatório quando determinada judicialmente e seu descumprimento pode ensejar a prisão preventiva.  Os grupos do programa “João de Barro” são formados por 15 homens que participarão de dez encontros quinzenais e cada encontro trabalhará com um tema específico: masculinidade tóxica; violência; autocontrole; álcool e drogas; família; igualdade de direitos - desconstrução dos papéis de gênero na sociedade entre outros.  Segundo a juíza da 2ª Vara de Peruíbe e idealizadora do projeto, Danielle Camara Takahashi Cosentino Grandinetti, o principal objetivo do projeto é a diminuição da reincidência, além de proporcionar ao agressor a oportunidade de se reeducar para conviver melhor com a sociedade em geral e com sua família em particular. “O programa não tem o caráter de alterar a lógica punitivista positivada pela lei penal vigente, ou seja, não se pretende mitigar as penas ou deixar de responsabilizar autores de violência”, pontuou a magistrada.  Também prestigiaram o evento o promotor de Justiça da Comarca de Peruíbe, Orlando Brunetti Barchini e Santos; o presidente de Ordem dos Advogados do Brasil - subseção de Peruíbe, Helio Marcos Pereira Junior; os delegados de Polícia Ednilson Mattos e Tiago Tucunduva; e o comandante da Guarda Civil Municipal, Tiago Cosme.   imprensatj@tjsp.jus.br   Siga o TJSP nas redes sociais: www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial 
17/11/2020 (00:00)

Contate-nos

Sede

Rua Cinco nº  3190
-  Jardim Portugal
 -  Rio Claro / SP
-  CEP: 13504-114
+55 (19) 3023-4161+55 (19) 982827143+55 (11) 959688234
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  859725